3

O 1º Caged positivo não se esquece

Por Luiz Carlos Mendonça de Barros

O título desta coluna tomei emprestado de uma deliciosa peça de propaganda que fez muito sucesso entre nós. Faz referência ao primeiro crescimento do emprego formal no Brasil, depois de 22 meses de números negativos, anunciado pelo Ministério do Trabalho na última quinta-feira. Antes de explicar ao leitor do Valor a razão de meu entusiasmo com a criação de pouco mais de 35 mil postos de trabalhos em fevereiro, é preciso fazer algumas qualificações sobre esse número.