12

O fim da hegemonia do PT e a nova agenda

Por Luiz Carlos Mendonça de Barros

A hegemonia política do PT, principalmente nos anos de ouro do crescimento econômico, entre 2007 e 2013, permitiu a sofisticação do metabolismo político chamado de presidencialismo de coalizão. A extraordinária aprovação do governo Lula - e da presidente Dilma em seus dois primeiros anos de mandato - em função do bem estar da grande maioria da população, fez com que o poder do governo fosse exercido de maneira autocrática pelo presidente da República e pela direção do PT, cabendo à base política que o sustentava sempre um papel secundário.