3

Prejudicando a indústria

Por Pedro Ferreira e Renato Fragelli

Enquanto o atual governo dobra sua aposta na promoção do desenvolvimento mediante uma política industrial casuísta voltada para alguns subsetores e calcada em proteções alfandegárias, pisos para a nacionalização de componentes, bem como crédito farto e subsidiado para campeões escolhidos segundo critérios misteriosos, os Estados Unidos dão uma lição de como se estimula a indústria de um país como um todo. Enquanto aqui o Estado escolhe quais competições serão disputadas e quem as vencerá, lá se criam condições propícias para que as vocações naturais despontem.